Princípios Yogaterapia Integrativa

Princípios Fundamentais

 

Princípio Fundamental nº 1: Yogaterapia como cura multidimensional

A Yogaterapia Integrativa se utiliza do Modelo dos Cinco Koshas para promover o restabelecimento do equilíbrio e conseqüente cura através de todos as dimensões da pessoa, incluindo:

 

1. Física, englobando todos os sistemas fisiológicos

2. Energética, englobando os nadis, pranavayus e chakras

3. Psicoemocional, englobando os pensamentos e emoções cotidianas

4. Testemunha, englobando a habilidade de enxergar e transformar os padrões de pensamentos e padrões emocionais

5. Espiritual, englobando a possibilidade de reconhecimento e identificação progressiva com a verdadeira essência  e natureza do Ser como Unidade, Plenitude e Felicidade sempre existente

A verdadeira cura sobre a qual nos referimos ocorre quando a Yogaterapia  conduz a pessoa de volta ao equilíbrio de todas as dimensões do ser.

principios 1 

Princípio Fundamental nº 2: Todos os 8 Passos do Yoga de Patanjali são igualmente importantes e trabalham juntos para conduzir à cura multidimensional do ser

Com relação ao processo de cura integral, cada passo tem um propósito essencial:

 

1. Yama e Niyama – reúnem valores e atitudes fundamentais que guiam nosso estilo de vida e ações na convivência em sociedade.

2. Asana – serve como instrumento na criação de uma postura de alinhamento físico que promove a saúde e contribui para o desenvolvimento de uma atitude postural de firmeza e conforto perante os desafios da vida do dia-a-dia.

3. Pranayama – como veículo de expansão e canalização da energia vital, prana, através de técnicas específicas de respiração e consciência respiratória que promovem o restabelecimento do equilíbrio energético fundamental para a saúde dos sistemas fisiológicos.

4. Mudra – frequentemente reconhecido como um dos angas, um dos passos, nos textos tradicionais de Yoga, funciona como veículo para criar circuitos energéticos em áreas específicas do corpo, restabelecendo o fluxo de prana nestas áreas.

5. Pratyahara – especialmente na forma de Yoga Nidra, serve como veículo para o relaxamento profundo e descondicionamento de padrões mentais e emocionais que alimentam a resposta de estresse e consequentemente o estabelecimento de condições de saúde relacionadas com o estresse crônico.

6. Dharana – funciona como instrumento que conduz a mente para um determinado foco como exercício na condução do “eu” na direção de sua verdadeira natureza, fonte da cura mais profunda e integral.

7. Dhyana – serve como caminho ao estado natural de saúde integral: corpo-mente-espírito.

8. Samadhi – estabelecimento na verdadeira natureza do Ser, a essência da saúde e da cura, sob a perspectiva da Yogaterapia.

 

Princípio Fundamental nº 3: Unidade como saúde; Yogaterapia como cura espiritual

Os textos tradicionais de Yoga focalizam-se na cura mais profunda que pode existir, aquela que é decorrente da libertação espiritual. O dia-a-dia do Yogaterapeuta frequentemente está focalizado na necessidade de cura nos diversos níveis relativos, como alívio de dores no corpo, alívio mental e dores emocionais. Todas essas necessidades de cura relativa podem ser abraçadas dentro de uma visão mais ampla de saúde e cura como criação de união e liberdade à cada nível do ser, dissolvendo toda separação que cria limitação e bloqueio.

 

1. Cura Física vista como liberdade do corpo para que todas as suas funções  fluam em sintonia com a inteireza e ordem maiores que reinam na natureza.

2. Cura Energética como liberdade para explorar e integrar completamente nosso universo energético, ao mesmo tempo que seus bloqueios sutis vão sendo dissolvidos.

3. Cura Psicoemocional como liberdade das constrições existentes no universo dos pensamentos e das emoções, liberdade essa que permite que a mente possa descansar na sua verdadeira natureza de pura serenidade e clareza mental.

4. Cura dos Padrões de Condicionamentos como liberdade de toda expectativa e agenda projetada sobre nossos próprios ombros e sobre o mundo, tais como: competir, levar vantagem em tudo, sucesso, fama, nome, que funcionam como combustíveis que alimentam a resposta de estresse crônica, criando as bases para o estabelecimento de condições de saúde variadas.

5. Cura Espiritual como liberdade de ser simplesmente o que realmente somos.

 principios 2

Princípio Fundamental nº 4: Doença como separação

Sob a perspectiva do Yoga, saúde integral é consequência natural do equilíbrio existente entre todas as dimensões da pessoa, enquanto doença reflete alguma forma de desequilíbrio entre estas dimensões. Desta maneira, como Yogaterapeutas, não nos focalizamos apenas nos aspectos mais superficiais da ligação que existe entre estresse crônico, sintomas e doenças, mas usamos o Modelo dos Cinco Kleshas, ou obstruções, para tomar conhecimento das causas mais profundas da doença. Os Cinco Kleshas são:

 

  1. Avidya – sentimento de separação existente pela falta de conhecimento e confusão entre a personalidade relativa, que é mutável, e o eu verdadeiro, que é uno e ilimitado.

  2. Asmita – identificação com a personalidade limitada como o centro todo-poderoso a partir do qual todas as expectativas e soluções se irradiam.

  3. Raga – universo dosgostos, inclinações, atrações, apegos como suposta fonte de felicidade no âmbito da personalidade.

  4. Dvesha - inclui tudo aquilo que não se gosta, se rejeita, todo o universo das aversões como suposta fonte de infelicidade no âmbito da personalidade.

  5. Abinivesha – medo e ansiedade existencial que resultam da identificação do ser como limitado e mortal.

Os cinco Kleshas são os combustíveis que alimentam o ciclo do estresse crônico, “o ciclo da separação”, que pode resultar em condições de saúde associadas ao estresse.

Em nossa jornada como yogaterapeutas, combinamos ferramentas do Yoga como asanas, pranayamas, etc.,  para gerenciar e desenvolver a habilidade para enfrentar e dissolver os efeitos do estresse crônico.  O que distingue, no entanto, nossa abordagem como Yogaterapeutas é o nosso entendimento sobre doença como separação e saúde como unidade.

 

Princípio Fundamental nº 5: Yogaterapia combina arte e ciência aplicadas de forma específica às necessidades individuais de acordo com a condição de saúde apresentada

A ciência e arte da Yogaterapia emerge quando combinamos todos os princípios fundamentais acima apresentados dentro de um sistema integrado que inclui:

 

  • o Modelo dos Cinco Koshas;
  • a importância dos Passos de Patanjali;
  • a Yogaterapia como cura espiritual;
  • a compreensão de que os kleshas e subsequente  resposta de estresse crônica são as fontes mais profundas das doenças.

Esta ciência pode ser aplicada a qualquer indivíduo ou grupo de pessoas passando por qualquer desafio de saúde.

Os alunos de nossa formação em Yogaterapia Integrativa são preparados para aplicar esta ciência, tanto em sessões individuais, como em programas para grupos terapêuticos, abrangendo áreas de recuperação da saúde, educação e transformação espiritual.

Ao aplicar o Yoga como veículo de cura integral que abrange o nível pessoal, familiar, a sociedade e o planeta como um todo, o Yogaterapeuta passa também pelo mesmo processo de transformação e cura integral que o conduz à sua verdadeira e última realidade como Unidade, Plenitude, Felicidade sempre existente.

Newsletter

Digite seu email e receba nossa YI News.

Redes sociais

Estamos presentes nas redes sociais. Escolha onde nos seguir, compartilhar e interagir.

Fale conosco

Entre em contato e saiba mais sobre cursos, produtos, eventos e Yoga Integrativa, Namastê.

  • Tel: +55 (48) 3254-2608

logo-montanha novo sepia

 

Estrada Geral Encantada, 108 Garopaba - SC - Brasil
CEP 88495-000

www.yogaencantada.org