Sabores da vida

Comida saudável tem que ser boa

Por equipe Montanha Encantada

Revisão técnica: Ana Carolina Alencar

Ilustrações: Maneco Cabral e Sérgio Reser

Receitas de Marcos Natureba

 

imagem 1 pimentasO Ayurveda, a milenar ciência indiana, se baseia nos três doshas para compreensão dos desequilíbrios do corpo, a fim de encontrar uma forma de alimentação equilibrada e saudável para cada pessoa.

A alimentação adequada para cada dosha torna-se ainda mais imprescindível quando se detecta claramente o desequilíbrio, sendo a alimentação uma das mais poderosas ferramentas para o restabelecimento de um corpo saudável.

De acordo com a alimentação ayurvédica, o reequilíbrio está relacionado aos cinco elementos e aos seis sabores presentes na natureza. Por exemplo, vata dosha, composto de ar e espaço, quando em desequilíbrio, pode se beneficiar de alimentos que tenham a predominância de elementos opostos, tais como as raízes, que têm forte componente do elemento terra, e, portanto, enraízam o ar e espaço excessivos.

Os seis sabores (doce, ácido, salgado, picante, amargo e adstringente) constituídos pelas combinações dos cinco elementos (terra, água, fogo, ar e espaço) podem ser usados para equilibrar os doshas.

A nutricionista ayurvédica Astrid Pfeiffer explica a relação entre os doshas e os sabores:

• Pessoas com vata predominante devem dar preferência aos sabores salgado, ácido e doce, para compor uma dieta quente e nutritiva, e evitar os sabores amargo, picante e adstringente.

• Pessoas com pitta predominante devem dar preferência aos sabores amargo, doce e adstringente, e evitar alimentos gordurosos, temperos fortes, picantes, ácidos e salgados.

• Pessoas com kapha predominante devem dar preferência aos sabores picante, amargo e adstringente, para compor uma dieta quente, leve e seca, e evitar os sabores doce, salgado e ácido.

Nem sempre dispomos de tempo para massagens e tratamentos ayurvédicos frequentes, mas a alimentação, que é parte da nossa rotina diária, pode nos manter em perfeito equilíbrio.

 

imagem 2 tomate

 

Madhura rasa (sabor doce)

Elementos: água e terra.

Efeito: aumenta kapha, reduz pitta e vata.

Agradável, fortifiante, torna a boca mais oleosa.

Contribui para a preservação da vida.

 

Pourridge matinal (mingau de cereais)

Ingredientes:

3 colheres de sopa de aveia em flocos

2 colheres de sopa de quinoa

1 colher de sopa de flocos de centeio

1 colher de sopa de flocos de milho

3 xícaras de água

½ xícara de leite de coco

Canela pó

Sementes de cardamomo

Flores de alfazema

Modo de fazer:

Em panela adequada (barro, cobre ou ferro), leve ao fogo brando todos os ingredientes, mexendo cuidadosamente até levantar fervura e adquirir consistência de mingau. Sirva em seguida, polvilhando delicadamente com canela em pó.

---

Amla rasa (sabor ácido)

Elementos: terra e fogo.

Efeito: aumenta kapha e pitta, reduz vata.

Produz salivação, transpiração, ardência na boca e na garganta. Higieniza a boca e abre o apetite. Desperta o paladar.

 

Molho tártaro para saladas

Ingredientes:

2 xícaras de iogurte natural

1 colher de sopa de orégano

1 colher de sopa de manjericão picadinho

1/3 de xícara de suco de limão

1 colher de café de cúrcuma em pó

3 colheres de sopa de azeitonas pretas picadinhas

1 colher de sopa de pimentão picadinho

Modo de fazer:

Em recipiente de vidro, junte todos os ingredientes, misturando-os até obter uma consistência homogênea. Disponha em uma molheira decorada com ramos e folhas de manjericão e sirva em seguida.

---

Kashaya rasa (sabor adstringente)

Elementos: terra e ar.

Efeito: aumenta vata, reduz kapha e pitta.

Seca e enrijece a boca. Reduz pus, muco e inflamação (Ex: própolis).

 

Berinjelas à Tumeric

Ingredientes:

2 berinjelas médias cortadas em rodelas de 1cm de espessura

1 colher de sopa de cúrcuma em pó

1 colher de café de sal marinho

5 colheres de sopa de azeite de oliva

1 colher de sopa de azeite de gergelim tostado

2 colheres de sopa de óleo de girassol

Modo de fazer:

Lave as berinjelas, corte-as na espessura indicada, e seque-as com um pano limpo. Em um recipiente de vidro, tempere as berinjelas com o sal, o azeite de gergelim e a cúrcuma. Misture bem, de forma que todas as fatias fiquem impregnadas com o azeite de gergelim, o sal e amareladas com a cúrcuma. Unte uma panela adequada (as de ferro são ideais!) com o azeite de oliva e, em fogo médio, disponha as berinjelas uniformemente, chapeando-as até tostar (entre 5 a 7 minutos). Se necessário, acrescente gotas de óleo de girassol. Vire as berinjelas com uma espátula para tostar o outro lado (aproximadamente 5 minutos).

Dispor em uma travessa guarnecida com folhas de papel absorvente e servir em seguida, o ideal é que fiquem crocantes, podendo variar a textura, dependendo do teor de água das berinjelas.

--- 

imagem 3 cenouraKatú rasa (sabor picante)

Elementos: fogo e ar.

Efeito: aumenta pitta, reduz kapha e vata.

Produz salivação, lacrimejamento, formigamento na língua e dor de cabeça. Sua natureza quente faz aumentar o metabolismo, abre o apetite, diminui a gordura, diminui o leite materno e o sêmen. É antitóxico e excelente para eliminar parasitoses (Ex: chá de hortelã). Bom para secar doenças de pele.

 

Molho jaya Govinda

Ingredientes:

100 g de pimentas vermelhas dedo de moça cortadas em fatias fininhas com sementes
200 ml de ghee

50 ml de óleo de girassol

Modo de fazer:

Use uma frigideira adequada e uma colher de pau. Fogo brando. Coloque o óleo de girassol e as pimentas e refogue levemente, amassando as pimentas para liberar a capsaicina (substância picante e antisséptica das pimentas). Acrescente o ghee e deixe levantar fervura branda por 5 minutos. Desligue, deixe esfriar e guarde em recipiente de vidro com tampa. Esse molho tem boa durabilidade e não necessita de refrigeração. Acompanha bem todas as refeições que se prestarem para a aventura do sabor picante.

--- 

imagem 4 batataLavana rasa (sabor salgado)

Elementos: fogo e água.

Efeito: aumenta kapha e pitta, reduz vata.

Retém água, amacia os tecidos, abre o apetite eproduz uma sensação de queimação, na boca e na garganta. O sal tem virtudes corretivas: em quantidades pequenas, ajuda a equilibrar a saúde do corpo.

 

Gersal

Ingredientes:

3 xícaras de gergelim

2 colheres, das de café, de sal marinho

Modo de fazer:

Em panela de barro, leve o gergelim ao fogo para tostar, amassando-o vigorosamente com o auxílio de um pilão, de modo a triturar o gergelim. Assim que adquirir uma aparência dourada e exalar o cheiro de cereal tostado, acrescente o sal marinho e amasse vigorosamente, até obter a textura adequada. Deixe esfriar e guarde em vidro limpo e fechado.

 

Newsletter

Digite seu email e receba nossa YI News.

Redes sociais

Estamos presentes nas redes sociais. Escolha onde nos seguir, compartilhar e interagir.

Fale conosco

Entre em contato e saiba mais sobre cursos, produtos, eventos e Yoga Integrativa, Namastê.

  • Tel: +55 (48) 3254-2608

logo-montanha novo sepia

 

Estrada Geral Encantada, 108 Garopaba - SC - Brasil
CEP 88495-000

www.yogaencantada.org